Como funciona o saque no cartão de crédito?

Saque de dinheiro com cartão de crédito

Você sabia que é possível sacar o valor do seu limite de cartão de crédito? Apesar de ser uma prática comum, nem todos os titulares de cartão de crédito sabem que essa função existe.

Geralmente, esse saque é utilizado para situações de emergência, mas pode ser feito a qualquer momento.

Se você quer descobrir como sacar o valor do seu cartão de crédito, iremos te explicar como funciona, quais taxas são cobradas e como realizar essa ação.

Como funciona o saque no cartão de crédito?

O saque do cartão de crédito é uma alternativa para quem quer ter dinheiro em espécie em mãos. O limite do cartão é uma forma de empréstimo que pode ser quitado em até 40 dias, e quando o usuário saca uma parcela ou o valor integral desse limite, funciona da mesma maneira.

E, assim como o uso convencional do cartão de crédito, o saque resultará numa fatura para o mês seguinte que cobrará o valor de crédito utilizado.

A maioria dos bancos permite duas formas de saque no cartão de crédito: para pagamentos e limite emergencial. Contudo, esse limite pode ser menor que o limite disponível no cartão. Isto é, mesmo que o seu limite seja de R$ 1.000,00, é possível que o limite emergencial seja de apenas R$ 500,00.

Para que você possa calcular um valor estimado, a maioria dos bancos permite que 5% a 15% do valor do limite seja sacado.

Qual é a taxa do saque no cartão de crédito?

Para realizar o saque do limite no cartão de crédito, é preciso pagar por uma taxa que será cobrada junto com a próxima fatura. Esse valor depende do banco, e, geralmente, pode variar entre R$ 10,00 e R$ 20,00. Existem ainda outros fatores que podem influenciar nesse valor, como os saques internacionais, as taxas de parcelamento e o IOF — Imposto sobre Operações Financeiras.

Além disso, o usuário deve estar atento à taxa de juros que é cobrada. Já que o cartão funciona como um empréstimo, é natural que tenha juros, mas os que são cobrados pelo saque são um pouco altos e podem atingir até os 10% ao mês.

Como fazer o saque no cartão de crédito?

Antes de fazer o saque no cartão de crédito, é essencial entender quais são as condições que o seu banco oferece. Nem todo cliente está habilitado para realizar esse tipo de operação, além de ser preciso entender quais taxas podem ser cobradas.

É muito simples realizar o saque no cartão de crédito. Basta se dirigir ao caixa eletrônico, inserir o cartão em questão e seguir as instruções apresentadas. Após retirar o dinheiro em espécie, o valor já será cobrado automaticamente na próxima fatura, podendo ser o valor integral ou parcelado, de acordo com a escolha do usuário.

Vale lembrar que não é preciso ser titular do cartão para realizar a operação, mas é exigido inserir a senha.

É possível realizar o saque através da operação convencional ou como uma forma de pagamento. Por isso, para quem quer evitar pagar por taxas extras, é possível recorrer a outra maneira. É só realizar o valor que deseja sacar como pagamento para outra conta, seja uma conta sua ou de alguém de confiança, e depois sacar com o cartão de débito. Isso não deixa o titular isento da fatura, mas é uma forma de se desviar das taxas.

É possível sacar o cheque especial?

Sim, é possível sacar o cheque especial. O cheque especial é um limite que o banco disponibiliza para que o cliente possa usufruir em situações de emergência. Ele fica disponível para saldo e também funciona como uma forma de empréstimo, sendo possível utilizar o cheque especial para realizar pagamentos e transferências.

Dessa forma, o saque do cheque especial funciona de forma similar ao saque do limite do cartão de crédito. Ele também possui taxas que variam de acordo com cada instituição financeira e os juros podem atingir até 8% ao mês.

Quais são as vantagens e desvantagens de fazer saque no cartão de crédito?

Realizar o saque do limite do cartão de crédito pode ser uma alternativa para quem precisa de um valor de dinheiro em espécie de forma rápida. Contudo, também pode trazer uma taxa alta e problemas a longo prazo para quem não tem muito controle financeiro. Por isso, é importante analisar antes os pontos negativos e positivos desse saque.

Veja os principais:

Vantagens

  • Alternativa para emergências: o saque do cartão de crédito pode ser um salva-vidas para quem precisa de dinheiro em espécie para um imprevisto ou emergência.
  • Tenha dinheiro em mãos quando precisar: os bancos digitais estão cada vez mais comuns, e eles reduzem a necessidade de possuir dinheiro em espécie, mas nos momentos em que precisamos desse dinheiro para realizar uma compra em específico, o saque do cartão de crédito pode ser uma alternativa.

Desvantagens

  • Taxas altas de saque: o saque do cartão de crédito também traz taxas e juros altos, que podem se somar à fatura e fazer com que o titular tenha um valor elevado para quitar.
  • Risco de endividamento: para quem não tem muito controle financeiro, o saque pode resultar em endividamento, devido aos juros altos que podem ser acumulados e se tornaram uma dívida alta.
  • Pendências podem ser um empecilho: se no cartão de crédito constar pendências, como uso do crédito rotativo, o usuário pode ficar impedido de realizar o saque.

Tem alguma dúvida sobre esse assunto?

O seu endereço de e-mail não será publicado.